Skip to content
Negócios SaaS

Veja como proteger seu negócio SaaS: domine as melhores práticas de segurança de dados para proteção dos seus clientes

Escrito por Equipe Rafaela Campos
Adicione o texto do seu título aqui
20.06.2023 às 20:00

Escalando seu negócio para 1MM ARR

Descubra como aumentar a base de clientes de forma progressiva, mesmo em um cenário de concorrência acirrada e sem alto orçamento de vendas e marketing.

Encontre fácil

O mercado está aquecido em relação às demandas por SaaS. Devido a isso, a segurança de dados tornou-se uma das maiores preocupações, tanto das empresas SaaS quanto de seus clientes.

Pois, os clientes confiam que as empresas que fornecem o SaaS armazenam e gerenciam seus dados sensíveis do jeito certo.

Nesse caso, qualquer violação de segurança pode levar a graves consequências para o seu negócio, como perda de reputação, perda de negócios, prejuízos financeiros e, até mesmo, processos judiciais.

Por isso, é essencial que você implemente medidas de segurança rigorosas para proteger os dados de seus clientes, além de manter uma comunicação transparente e eficiente com eles e com os fornecedores.

Neste artigo, discutiremos a importância da segurança de dados em negócios SaaS e as medidas que você pode tomar para proteger seus clientes.

Continue a leitura e confira.

Qual a importância da segurança de dados para as empresas SaaS?

As empresas SaaS gerenciam grandes quantidades de dados de seus clientes, incluindo informações financeiras, pessoais, de negócios e muito mais.

Por isso, é necessário ter um protocolo rigoroso de segurança de dados, já que as informações sensíveis dos clientes são extremamente valiosas.

Além disso, os hackers e os criminosos cibernéticos também acreditam no potencial dessas informações e podem explorar vulnerabilidades de segurança para acessá-las e usá-las para atividades maliciosas.

Vale destacar ainda que as empresas SaaS precisam cumprir as leis e os regulamentos de privacidade de dados, que estabelecem requisitos rigorosos para proteger os dados de seus clientes. 

Lembre-se de que a violação dessas leis pode resultar em multas significativas e ações legais. Sem contar que isso pode afetar a imagem da empresa e, consequentemente, influenciar na confiança dos clientes em relação aos produtos oferecidos.

Portanto, é essencial que você tome medidas proativas para proteger os dados de seus clientes e cumprir as leis e os regulamentos aplicáveis. 

Fique tranquilo, nesse texto vamos explicar algumas das melhores práticas para proteger os dados dos clientes. Assim, você poderá aplicar no dia a dia do seu negócio SaaS para evitar problemas.

O que pode acontecer com uma empresa SaaS que descumpre a LGPD?

Você deve se atentar ao conjunto de normas e regras que se referem à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), principalmente se o seu tipo de SaaS armazena uma grande quantidade de dados sensíveis dos seus clientes. 

A Lei prevê o tratamento de todas as informações, bem como os direitos dos titulares, e se houver qualquer discordância no atendimento ao que for solicitado pela LGPD, existe a aplicação de sanções. 

Tais sanções podem variar de advertências, que causam impactos pequenos na imagem da empresa, até a aplicação de multas, que pode chegar até 2% do total faturado pela organização no último ano fiscal.

Além disso, outra penalização que está prevista pela LGPD é a proibição (que pode ser parcial ou total) das atividades que estão relacionadas ao tratamento de informações. Ou seja, é a inviabilização da oferta de serviços do seu negócio SaaS. 

Quais são as melhores práticas para proteger seus clientes SaaS?

Em negócios SaaS, a segurança dos dados é uma questão que deve ser levada a sério, pois existem práticas importantes que devem ser aplicadas. 

Tudo isso para evitar o descumprimento legal e, principalmente, garantir que seus clientes estejam com seus dados seguros enquanto usam o seu SaaS. 

Por isso, continue a leitura e confira as melhores práticas do mercado para que seus clientes estejam com seus dados protegidos. 

Utilize a criptografia

A criptografia é uma técnica para tornar as informações ilegíveis para qualquer pessoa que não possua a chave de descriptografia. 

Essa é uma das práticas mais eficazes para garantir a segurança dos dados, pois garante que somente pessoas autorizadas terão acesso às informações sensíveis dos clientes. 

Por isso, você deve criptografar todos os dados em trânsito e em repouso, incluindo dados de clientes, informações de pagamento e informações de login.

Faça backup e recuperação de dados

Fazer backups regulares dos dados é uma prática essencial para proteger os dados de seus clientes contra perda devido a falhas de hardware, erros humanos ou ataques cibernéticos.

Dessa forma, você deve ter uma rotina de backups que devem ser feitos regularmente e armazenados em locais seguros e protegidos.

Assim como fazer testes regulares de restauração de dados. Dessa forma, conseguirá garantir que esses processos estão sendo feitos do jeito certo.

Tenha políticas de senha seguras

Senhas fracas ou comprometidas são uma das principais vulnerabilidades para a segurança dos dados. 

Por isso, você deve ter políticas de senha seguras que incluam o uso de senhas fortes, a exigência de mudanças de senha regulares e a autenticação de dois fatores.

Falando na autenticação de dois fatores, ela é uma técnica que adiciona uma camada adicional de segurança ao processo de login. 

Nesse caso, além da senha, os usuários precisam fornecer uma segunda forma de autenticação, como um código enviado por mensagem de texto ou um token de autenticação. 

Existem alguns softwares no mercado que garantem essa proteção adicional. Faça uma pesquisa e encontre o ideal para o seu negócio.

Isso vai ajudar você a proteger as contas dos seus clientes contra ataques de força bruta e outras formas de invasão.

Proteja contra ataques de hackers

Além de manter seus servidores seguros, é essencial também garantir que sua rede esteja protegida contra possíveis invasões e ataques cibernéticos. 

Para isso, é fundamental que você utilize firewalls e outras medidas de segurança de rede, como a configuração de redes virtuais privadas (VPNs), o uso de protocolos de segurança, como o SSL/TLS, além de softwares antivírus e malwares.

Os firewalls ajudam a controlar o tráfego de entrada e saída da sua rede, bloqueando potenciais ameaças e permitindo apenas o acesso autorizado a seus sistemas e aplicativos. 

No entanto, as VPNs criam um canal criptografado entre seus servidores e os dispositivos dos clientes, garantindo que as informações transmitidas estejam protegidas contra interceptações.

Além disso, é importante você manter os sistemas e os softwares atualizados para garantir que todas as vulnerabilidades sejam corrigidas.

Assim como realizar testes de penetração regulares para identificar possíveis vulnerabilidades em seus sistemas e aplicativos.

Proteja os dados dos clientes

A segurança de dados é um aspecto crítico para qualquer empresa, especialmente para aquelas que lidam com informações sensíveis de seus clientes. 

Para o seu negócio SaaS, isso é ainda mais importante, já que os seus clientes confiam em seus sistemas para armazenar, gerenciar e processar informações importantes para eles.

Portanto, é crucial que você implemente políticas de acesso seguro para restringir o acesso a informações sensíveis, garantindo que apenas os funcionários autorizados possam obtê-las.

Isso inclui a necessidade de autenticação de dois fatores para acessar informações sensíveis e a limitação do acesso aos dados que são essenciais para o funcionamento do SaaS.

Implante uma cultura de segurança de dados

A cultura de segurança de dados deve ser implementada para todo o time, e não apenas para as áreas relacionadas com a tecnologia ou a equipe jurídica da organização. 

É necessário a criação de um conjunto de normas e práticas que devem ser seguidas por todos internamente, visando a adequação e a conformidade às regras estabelecidas pela LGPD. 

Dessa forma, será possível você garantir a segurança das informações em todas as instâncias, evitando problemas de vazamentos e invasões, que podem prejudicar o seu negócio e, principalmente, os seus clientes. 

Contrate apenas fornecedores adequados à segurança de dados

Você deve estar atento aos seus parceiros e fornecedores, pois eles também precisam estar em conformidade com as normas e as diretrizes de proteção de dados.

Caso o fornecedor ou o parceiro não siga todas as orientações de segurança, ele pode expor à segurança de dados do seu negócio SaaS, abrindo portas para um possível vazamento. 

E dessa forma, prejudica a imagem da empresa no mercado e, ainda, deixa você passível de aplicação de sanções que estão descritas na LGPD. Por isso, é necessário estar atento. 

Se for necessário, coloque em contrato que os fornecedores e parceiros devem seguir todas as normas estabelecidas pela LGPD, garantindo o máximo de segurança. 

Faça revisão da infraestrutura de segurança

A revisão da infraestrutura de segurança é muito importante, visto que se houver algum ponto que não esteja com o nível adequado, pode significar uma brecha para uma invasão ou vazamento de dados.

Dessa forma, verifique todos os sistemas, licenças, atualizações e toda a infraestrutura necessária para o funcionamento do seu negócio SaaS.

Assim, você conseguirá identificar, mitigar e corrigir possíveis falhas ou deficiências na segurança. 

Tenha termos de usuário e políticas de privacidade atualizados

Para garantir a segurança de dados do seu negócio SaaS, é necessário manter o termo de usuário e políticas de privacidade devidamente atualizadas. 

Aqui vale destacar que eles devem ser claros sobre as necessidades e recomendações. 

Além disso, as práticas descritas devem estar previstas em Lei. Por isso, sinalize aos clientes quais são os dados que são processados e armazenados.

Assim como o motivo pelo qual haverá o armazenamento e o tempo desse processo também devem ser informados. 

Todos os direitos dos clientes também devem estar descritos de forma clara e objetiva, permitindo que eles solicitem a retirada de suas informações a qualquer momento, de acordo com as normas descritas.

Elabore um plano de ação para tratar incidentes

Em casos de vazamentos ou invasões de qualquer tipo, é essencial contar com um plano de gestão de crise, ou seja, um plano de ação para que seja tratado qualquer situação relacionada a um incidente com dados. 

Nesse plano, deve conter todos os passos que precisam ser seguidos em caso de um incidente.

Ou seja, é o documento que todos os envolvidos direta ou indiretamente devem seguir, pois contém as medidas que são necessárias para evitar penalidades de maior grau, de acordo com a Lei.

Lembre-se de que a ação rápida, eficiente, com notificações aos responsáveis e as autoridades do setor, sem que dados sejam omitidos, é a garantia de um plano bem sucedido. 

Forneça um canal de comunicação com os clientes

Os clientes que estão com seus dados armazenados não podem ser ignorados de nenhuma forma por parte da sua empresa SaaS. 

Por isso, uma das adequações necessárias em relação à segurança de dados é garantir um canal de comunicação transparente. 

Dessa forma, sempre que houver necessidade ou o cliente necessitar de um suporte referente aos seus dados, aquele é o canal ao qual ele deve recorrer, e você precisa atender ao seu pedido ou orientar no que for necessário. 

A comunicação transparente, como falamos anteriormente, é deixar visível a política de privacidade de dados.

Isso vai demonstrar ao mercado a sua preocupação em relação aos dados e a segurança deles na sua empresa SaaS. 

Faça armazenamento somente dos dados necessários

Atualmente, o mercado está se movimentando para manter apenas os dados que são necessários, ou seja, nada será armazenado sem que haja necessidade. 

Dessa forma, é possível reduzir os riscos de vazamentos e invasões. Logo, você deve se perguntar porque precisa daquele dado? E a partir da resposta, priorizar as informações que serão realmente interessantes para o seu negócio. 

Assim, você estará aplicando as regras da LGPD ao seu favor, e se houver algum incidente, o risco é menor de descumprimento da Lei. 

Afinal, implementar a segurança de dados pode ser um diferencial no mercado?

A segurança de dados é um aspecto crítico para qualquer empresa SaaS, já que seus clientes confiam em seus sistemas para proteger informações importantes para eles.

Proteger as informações de seus clientes não é apenas uma obrigação legal, mas também uma responsabilidade ética.

Para garantir a segurança dos dados em seu negócio SaaS, é essencial adotar boas práticas de segurança.

Por exemplo, a criptografia, o controle de acesso, a implementação de políticas de senha fortes, o uso de firewalls e outras medidas de segurança de rede.

Assim como você precisa estar atualizado com as últimas tendências e tecnologias de segurança cibernética.

Além disso, contar com o engajamento de toda a equipe, estando atento às orientações de segurança, utilizar os recursos tecnológicos com responsabilidade é uma garantia de que os dados estão seguros. 

Ao tomar essas medidas, você estará protegendo a integridade e a confidencialidade dos dados de seus clientes, aumentando sua confiança em sua empresa e ajudando a construir uma reputação sólida e positiva no mercado. 

A segurança de dados é uma responsabilidade compartilhada entre as empresas SaaS e os seus clientes, e é importante que todos trabalhem em conjunto para garantir a proteção dos dados.

Gostou deste conteúdo? Então, não pode perder nosso próximo Encontro de Negócios Rumo ao Milhão com SaaS.

Nesse encontro vamos explorar todas as nuances de um negócio SaaS de alta recorrência para que você possa compreender quais são as táticas e as estratégias importantes para construir ou expandir o seu SaaS.

Contamos com a sua presença, e até o próximo post.

Outros artigos que você pode gostar...

plugins premium WordPress